top of page
Sem título-2-08.png
  • Redação 2

Ação de prevenção contra a raiva será realizada em Jaraguá do Sul




Por conta de ter sido encontrado um morcego contaminado com o vírus da raiva, no bairro Vila Nova, a Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul divulgou que será realizada uma ação de vacinação de animais, em um raio de 300 metros a partir do local em que o morcego foi encontrado. O ato é uma indicação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado de Santa Catarina.


A Gerência Regional de Saúde está organizando a logística junto ao Estado para o fornecimento e transporte das doses necessárias para iniciar a ação de vacinação dos animais.


O Programa de Controle de Zoonoses do Município iniciará a ação nesta quarta-feira (28), com a visita de casa em casa para mapeamento dos animais (cães, gatos e outros) e levantamento do quantitativo de doses necessárias de vacina antirrábica. A intenção é iniciar a vacinação dos animais mapeados na terça-feira (3).


Se você deseja ficar bem informado, entre no nosso grupo de notícias, clicando

no link: https://chat.whatsapp.com/Je8oRszfxbyF2WFqmnVGqF


Os agentes da Saúde estarão identificados e é extremamente importante a colaboração dos munícipes neste trabalho de mapeamento dos animais domésticos. "Vamos seguir o protocolo para o caso e pedimos para que as pessoas recebam bem nossas equipes, pois essas medidas são necessárias para evitar novos casos", destaca o secretário de Saúde Alceu Moretti.


Diante dessa confirmação, o serviço de Vigilância Epidemiológica de Jaraguá do Sul reforça as seguintes orientações:


Em caso de mordedura e arranhadura, o munícipe deve procurar o mais breve possível uma Unidade de Saúde para avaliação do ferimento e notificação do caso à Vigilância Epidemiológica (mesmo que o ferimento não seja grave);


Caso o ferimento seja grave (profundo ou dilacerante, principalmente em extremidades como dedos), procurar o Hospital São José (adultos) ou o Hospital Jaraguá (crianças) para avaliação médica de utilização do soro antirrábico;


Munícipes que sofreram arranhaduras ou mordeduras por cães ou gatos domésticos cujo tutor é conhecido, certificar-se de providenciar o endereço e telefone do tutor para repassar para o Programa de Controle de Zoonoses, que fará a observação do animal agressor;


Munícipes que sofreram arranhaduras ou mordeduras por cães ou gatos de rua/desaparecidos, animais que morreram após a agressão ou qualquer outro animal potencialmente transmissor de raiva (como bovinos, equinos, suínos etc), procurar imediatamente o serviço de saúde para iniciar o esquema vacinal contra a raiva;


Aparecimento de morcegos doentes ou mortos ou ainda o contato com o mesmo, devem ser imediatamente informados ao Programa de Controle de Zoonoses, através dos telefones 0800-642-0136 / 2106-8315 / 99224-4543. Não é orientado pelo setor, a manipulação desses espécimes pelo cidadão comum em virtude do risco de acidentes/exposições. Os morcegos recolhidos pelo Programa de Controle de Zoonoses são encaminhados para análise laboratorial do vírus da raiva.


Foto: Prefeitura de Jaraguá do Sul/Divulgação

bottom of page