Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Após polêmica com filiação, vereador em Joinville renuncia à candidatura a deputado



Após polêmica sobre a filiação, o vereador Mauricinho Soares desistiu de concorrer a deputado estadual pelo Pros. O parlamentar de Joinville fez o comunicado ao Tribunal Regional Eleitoral e a desistência foi homologada nesta semana. O tema provocou polêmica na Câmara de Vereadores porque Mauricinho aparece no horário eleitoral como candidato pelo Pros e exerce mandato pelo MDB.


Mauricinho é o primeiro suplente do MDB e assumiu na Câmara de Vereadores no último dia 9, com a licença de Claudio Aragão (MDB), candidato a deputado federal. A permanência no Legislativo será por três meses. No entanto, o vereador foi inscrito pelo Pros como candidato a deputado estadual, o que poderia provocar questionamentos judiciais porque a vaga seria do MDB - não pelo fato de ser candidato, mas por estar filiado a outro partido. O tema é controverso.


O vereador alega que recebeu carta de liberação do MDB e assinou ficha no Pros há meses, em acordo fechado em Brasília. Só que essa filiação, conforme ele, não aparece no sistema de filiação oficial da Justiça Eleitoral. “Oficialmente, nunca saí do MDB”, diz Mauricinho. De qualquer forma, o vereador fez nova filiação ao MDB, por garantia. A Câmara de Joinville informa ter verificado a documentação antes da posse e Mauricinho apareceu como filiado ao MDB.


Fonte: NSC

Sem título-2-08.png