Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Assistência Social marca o dia da não-violência contra o idoso

Dia 15 de junho é lembrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa


No próximo dia 15 de junho é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. Para marcar a passagem do dia, a Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio do Centro de Convivência Arnoldo Leonardo Schmitt da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, promoveu ações durante o mês, com cerca de 580 idosos das 27 oficinas, coordenadores dos grupos de terceira idade, grupo de cuidadores e coordenadoras dos clubes de mães.


A ideia, conforme a coordenadora do Centro de Convivência Arnoldo Leonardo Schmitt, Hildegard Boshammer, foi conscientizar essas pessoas para que possam identificar quaisquer tipos de violências. Ainda, segundo ela, durante a pandemia o número de casos de violência contra a pessoa idosa cresceu devido a vários fatores, dentre os quais a restrição do convívio social e a maior convivência entre as famílias que residiam na mesma casa, favorecendo um acúmulo de tensões. “Negligência e abandono são os tipos de violência mais frequentes, seguidos da violência psicológica, abuso financeiro, violência física e institucional”, citou a coordenadora.


O secretário de Assistência Social e Habitação, André de Carvalho Ferreira, destaca que o Diagnostico da População Idosa do Município de Jaraguá do Sul, apontou que, entre 2019 e 2020, os idosos do sexto masculino sofreram violências como furtos, crimes de estelionato e ameaças. Já a mulher idosa tem sido vítima de violência doméstica, sete vezes mais que os homens, de acordo com a pesquisa. “E, geralmente, essas agressões são praticadas pelos filhos, amigos, cuidadores ou vizinhos.


Além de tratar da conscientização, os profissionais da Assistência Social também indicaram os caminhos para as denúncias, que podem ser anônimas.


Tipos de violência contra a pessoa Idosa:

*Violência física

*Violência sexual

*Violência psicológica

*Violência financeira ou econômica

*Violência emocional e social

*Violência por abandono

*Negligência

*Violência medicamentosa


Onde denunciar:

Disque 100

Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso DPCAMI: 3370-0331

Ministério Público: 3275-8298 / 3902-1210


Fonte: Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

Sem título-2-08.png