Sem título-2-08.png
  • Gabriel Jr

Autorizada desapropriação de prédio de escola e casa da Congregação das Irmãs Franciscanas em Corupá



A prefeitura de Corupá já pode desapropriar duas propriedades pertencentes à Congregação das Irmãs Franciscanas de São José. A Câmara de Vereadores aprovou nesta semana, o projeto de lei 42/2021, do Executivo Municipal, que autoriza a desapropriação amigável ou judicial da área onde está a Escola Municipal São José e da Casa das Irmãs, na Rua Padre Vicente, centro da cidade. Ainda em outubro, os vereadores autorizaram a prefeitura a abrir crédito adicional especial de R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil), possibilitando ao município receber recursos já prometidos pelo Governo do Estado de R$ 2.000.000,00 (dois milhões).


Os dois imóveis tem área aproximada de pouco mais de 54 mil m² e foram declarados de utilidade pública no decreto municipal nº 2.348, de 13 de outubro deste ano. A negociação está adiantada, faltando definir ainda alguns detalhes para a concretização, sendo que a avaliação inicial é de R$ 3.450.000,00, feita pela Comissão de Avaliação da prefeitura.


Atualmente, aproximadamente 600 alunos do pré ao 9º ano e do Cejac, com 36 servidores no quadro administrativo. O aluguel mensal é de R$ 16.928,38 (dezesseis mil, novecentos e vinte e oito reais, trinta e oito centavos), totalizando R$ 203.140,56 ( duzentos e três mil, cento e quarenta reais, cinquenta e seis centavos). Conforme a presidente da Câmara de Vereadores, Bernadete Correa Hillbrecht, são necessários vários investimentos no prédio, citando a construção de um ginásio de esportes, que será possível com a desapropriação.

Sem título-2-08.png