Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Avião do Brusque arremete duas vezes e assusta delegação: "Desesperador"

Piloto não conseguiu realizar pouso por conta do mau tempo e passageiros relataram tensão


A delegação do Brusque Futebol Clube levou um susto na noite deste domingo (28) quando seguia viagem rumo a Minas Gerais. O voo da equipe precisou arremeter duas vezes por causa do mau tempo no Rio do Janeiro e teve que mudar de aeroporto para conseguir pousar.


Os jogadores e comissão técnica iriam pousar no Aeroporto Santos Dumont, mas o piloto não conseguiu por conta das fortes rajadas de vento. Após a primeira tentativa, o avião arremeteu e ficou cerca de 30 minutos sobrevoando a capital carioca. Na sequência, em nova tentativa, também não foi possível, como mostra o mapa da rota acima.


Fontes que estavam na aeronave contaram ao ge sobre os momentos de tensão.


– Na primeira tentativa foi tranquilo, mas na segunda ele estava literalmente entrando na pista, com o avião balançando muito, daí o piloto puxou e subiu muito rápido, foi desesperador. Ele disse que chegou no limite da segurança dos passageiros e do avião.


Assustador, muitas crianças gritando, chorando, gente indo no banheiro vomitar, passando mal – disse um dos passageiros.


O pouso foi autorizado no Aeroporto do Galeão após 50 minutos de atraso.


A delegação segue viagem de ônibus com destino a Muriaé, em Minas Gerais. Na terça-feira (30), o Brusque enfrenta o Tombense, em duelo válido pela 27ª rodada da Série B.


Fonte: NSC

Sem título-2-08.png