Sem título-2-08.png

Brasil tem três casos confirmados de varíola dos macacos sem histórico de viagem

Com as novas notificações, o país soma 14 pessoas infectadas com o vírus

O Brasil teve mais três casos confirmados de varíola dos macacos nesta quinta-feira (23). Segundo o Ministério da Saúde, nenhum deles é de pessoa com histórico de viagem a países onde há surto da doença. Com as novas notificações, o país soma 14 pessoas infectadas com o vírus.


Em nota, a pasta informou que os casos recentes são de três pacientes do sexo masculino, residentes no município de São Paulo, com idade entre 24 e 37 anos.


“Os casos ainda estão em investigação para a busca de vínculos de transmissão. Os pacientes estão isolados, com quadro clínico estável, sem complicações e sendo monitorados pelas Secretarias de Saúde do estado e do município”, diz o comunicado à imprensa.


Um jovem de 25 anos, morador de Maricá (RJ), é o primeiro caso no país de alguém que não fez viagem internacional recentemente. Segundo informações da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) divulgadas no domingo (19), o homem afirmou, no entanto, que teve contato com estrangeiros.


Os casos confirmados de varíola do macaco estão em São Paulo (10), Rio Grande do Sul (2) e Rio de Janeiro (2).


A doença, que é endêmica em alguns países da África, tem se espalhado pelo mundo em um surto inédito – há mais de 3.200 casos confirmados fora do continente africano.


Nesta quinta-feira (23), a OMS (Organização Mundial da Saúde) pediu vigilância e transparência aos países ante o cenário que envolve a varíola do macaco.


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png