Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Busca por pediatras dobra em hospital e Jaraguá do Sul reforça rede básica

Unidade teve mais de 6 mil atendimentos em abril; maioria não era urgência e emergência


Jaraguá do Sul enfrenta um aumento de casos respiratórios em crianças e de busca por atendimento nos postos de saúde e no Hospital Jaraguá, segundo a Secretaria Municipal da Saúde. Apenas na unidade hospitalar, a procura pela pediatria mais do que dobrou nos últimos dois meses.


O hospital é referência na urgência e emergência para crianças da rede pública da região e realizou 5,9 mil atendimentos pediátricos em março deste ano, o que representa um aumento de 116% em relação ao mesmo mês de 2021.


Já em abril, foram 6,1 mil crianças atendidas, um número 104% maior do que no ano passado. Em maio, até a última segunda-feira (16), 3 mil atendimentos pediátricos já haviam sido realizados.


Para a NSC TV, a unidade explicou que o aumento tem relação com a época do ano, em que sempre há maior busca por atendimentos por causa dos problemas respiratórios, apesar do número ser mais expressivo em 2022. Para tentar atender a maior demanda, o hospital aumentou a quantidade de pediatras neste ano.


O Hospital Jaraguá também informou que a maioria dos casos atendidos não são de urgência e emergência. Por isso, a prefeitura já anunciou que vai aumentar as consultas na rede básica, composta por 28 postos de saúde, com nove pediatras.


Com a ampliação, as equipes vão deixar de atender 100 consultas por dia para receber 200 crianças diariamente, por agendamento ou demanda livre, de acordo com a necessidade.

- Estamos ampliando o horário de atendimento de cinco unidades de saúde, uma inclusive até 22 horas, para que nós possamos desafogar a questão hospitalar, que hoje está bastante crítica - explicou o secretário municipal da saúde, Alceu Moretti, em entrevista à NSC TV.


Estado pede aumento de leitos na UTI pediátrica


A Secretaria Municipal da Saúde também afirmou que recebeu um pedido do governo do Estado para aumentar o número de leitos de UTI pediátrica. Atualmente, Jaraguá do Sul tem seis leitos, sendo quatro do SUS no Hospital Jaraguá, que mantém convênio com o Estado.


A unidade informou que metade dos leitos destinados ao SUS está ocupada de forma permanente por dois pacientes que dependem de ventilação mecânica e cuidados intensivos. Por isso, restam apenas dois leitos para atender à demanda espontânea da população.


O hospital afirma que houve um aumento nas internações na UTI pediátrica há duas semanas. Segundo a coordenadora do setor, Polliane Beatriz Trainoti Branchi, em entrevista à NSC TV, foi necessário buscar mão de obra qualificada para abrir leitos extras e atender as crianças.

- A gente precisa acolher essa demanda, não tem como deixar as crianças no pronto-atendimento, muitas vezes intubadas e necessitando de atendimento médico. Na UTI neonatal tenho dez leitos, tenho estrutura montada, mas não tenho mão de obra e material. A gente acaba pegando do centro cirúrgico, daqui e dali, para tapar esse buraco - explicou.


O hospital disse ainda que pediu aos governos municipal e estadual a qualificação e habilitação de mais dois novos leitos para atender pacientes internados pelo SUS. A unidade aguarda a confirmação da entrega dos leitos e também precisará de insumos tecnológicos, além de materiais hospitalares para fazer os atendimentos.


Fonte: NSC


Sem título-2-08.png