Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Cães em situação de maus-tratos, incluindo um com desnutrição severa, são resgatados em SC

Dois adultos e dois filhotes foram encontrados pela Polícia Civil e Cidasc em Cunha Porã, Oeste catarinense. Idoso de 71 anos também foi autuado por irregularidade em relação a 9 bovinos.


Uma operação deflagrada na segunda-feira (9) flagrou quatro cães em situação de maus-tratos, dois adultos e dois filhotes, em uma propriedade em Cunha Porã, no Oeste catarinense. Um dos cachorros tinha desnutrição severa, conforme a Polícia Civil. O dono da propriedade, um idoso de 71 anos, chegou a ser preso, mas foi liberado em audiência de custódia.


A ação, da Polícia Civil em parceria com a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), foi feita a partir de uma denúncia anônima. "A Cidasc já havia ido até o local na semana passada, visto esta situação e a gente acabou realizando essa operação conjunta", explicou o delegado João Miotto.

Cães

A propriedade fica no interior de Cunha Porã. Os dois cães adultos estavam presos por correntes e sem coleira, conforme o delegado. Um deles estava muito debilitado, com sinais de desnutrição severa e feridas pelo corpo, além de possível cegueira em um dos olhos. No momento da fiscalização, o cão estava sem comida ou água disponíveis.


O outro cachorro adulto era uma fêmea, mãe dos dois filhotes, que estavam soltos. "Ela tinha um ferimento no pescoço já sem pelo por causa da corrente", afirmou o delegado.


Os cachorros foram resgatados e levados a uma clínica veterinária. Depois, serão colocados para adoção.


Bovinos

Além dos cães, a operação encontrou também irregularidades relacionadas a nove bovinos na propriedade. Eles estavam sem os brincos de identificação.


"O veterinário da Cidasc constatou que [os bovinos] possuíam brincos, estavam guardados dentro da residência. O proprietário então apresentou esses brincos, foram verificados, estavam com a numeração correta. Mas, diante da irregularidade de não estarem com os brincos no momento da fiscalização, o proprietário foi notificado pela Cidasc para regularizar essa situação", explicou o delegado.


Dessa forma, os bovinos ficaram na propriedade. Segundo o delegado, o idoso não tinha antecedentes criminais. Ele foi liberado pela Justiça após ser preso, mas precisará seguir medidas cautelares.


Fonte: G1

Sem título-2-08.png