Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Com formação de ciclone, SC pode ter chuva esperada para todo o mês de maio em 4 dias

Órgão alerta que podem ocorrer alagamentos, enxurradas, deslizamentos e inundações. Situação deve durar até quinta e risco é maior para regiões Sul e Grande Florianópolis.

A formação de um ciclone extratropical no oceano, a passagem de uma frente fria e sistemas de baixa pressão devem provocar chuva volumosa em Santa Catarina até quinta-feira (5), alertou a Defesa Civil. Pode chover mais do que o equivalente a todo o esperado para o mês de maio em quatro dias. Há risco de alagamentos, enxurradas, deslizamentos e inundações, principalmente nas regiões Sul e Grande Florianópolis.


A chuva começou na segunda (2). Além dos riscos já mencionados, também podem ocorrer rajadas de vento e mar agitado, conforme a Defesa Civil. A navegação é desaconselhada. Os picos de onda podem chegar a 4,5 metros no litoral Sul, 3 metros na Grande Florianópolis e 2,5 metros no Norte.

Os volumes de chuva devem ganhar força na terça (3) e quarta (4) em todas as regiões. No Sul e na Grande Florianópolis, o acumulado pode passar dos 300 milímetros, de acordo com a Defesa Civil. Do Oeste à Serra, o volume deve ser na casa dos 100 milímetros. No Vale do Itajaí e Norte, deve ficar entre 50 e 100 milímetros. A média mensal, segundo a Epagri/Ciram, é de 80 a 90 milímetros.


A Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições do tempo em Santa Catarina, informou que a formação do ciclone deve ocorrer no Sul do Brasil, próximo aos litorais catarinense e gaúcho.


O fenômeno deve perder força na quarta, conforme a Epagri/Ciram, já que deve se afastar para alto-mar, mas ainda deve chover de forma moderada a fraca nesse dia.


Recomendações

A Defesa Civil destacou os telefones de emergência. O morador deve ligar para 199 para falar com a própria Defesa Civil e para o 193 para chamar os bombeiros. O órgão também divulgou orientações para cada situação adversa do tempo.


Em caso de tempestades com ventos fortes e raios:

  • busque um local abrigado, longe de árvores, placas, postes de energia e de outros objetos que possam ser arremessados

  • em local abrigado, fique longe de janelas e desligue aparelhos eletrônicos

  • em casa, o banheiro em alvenaria é um local muito seguro

  • na praia, jamais fique na água


Em caso de alagamentos:

  • evite entrar em contato com a água

  • evite dirigir em locais alagados

  • evite transitar por pontes submersas

  • atenção com crianças próximas a rios e ribeirões


Quando há risco de deslizamentos de terra, fique atento a:

  • inclinação de postes e árvores

  • movimento de terra ou rochas próximos a sua casa

  • rachaduras em muros ou paredes


Mar agitado:

  • evite a navegação e pesca

  • evite entrar no mar ou praticar esportes no mar

  • evite caminhar ou pedalar na orla, caso as ondas estejam atingindo a ciclovia

Fonte: G1


Sem título-2-08.png