Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Defesa Civil monitora alto volume de chuvas que pode causar deslizamentos em Jaraguá do Sul



A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Diretoria de Proteção e Defesa Civil, continua monitorando os níveis dos rios que cortam o município, em função da chuva dos últimos dias na região. Até a manhã desta quarta-feira (10), duas ocorrências de quedas de árvores haviam sido registradas.


"Tivemos uma queda de árvore na Vila Lalau, na manhã desta quarta-feira, que acabou impedindo a passagem de veículos entre a Avenida Prefeito Waldemar Grubba e a Bernardo Dornbusch, próximo à Florisa. E a outra queda de árvore foi em Nereu Ramos, próximo à subestação de energia da Celesc", informou o diretor de Defesa Civil, Hideraldo Colle.


A preocupação maior, segundo ele, é com os deslizamentos de terra, que podem ocorrer por causa do acumulado de chuva das últimas 72 horas, que chegou a 148,2 milímetros aqui no município.


"Sempre reforçamos que os moradores de áreas de encostas devem ficar atentos a qualquer alteração ao redor de suas casas, seja nos muros, inclinação de árvores e postes, rachaduras nas paredes e outros, e assim que identificarem algum problema, entrem em contato com a Defesa Civil, pelo telefone 199", orienta.


Em relação ao volume de água nos dois principais rios, os níveis estão altos, mas ainda não oferecem riscos de alagamentos. O Rio Itapocu encontra-se com 2,40 metros acima do nível normal e o Rio Jaraguá, 1,98 metros acima do normal.


O diretor recomenda ainda que em casos de emergência os munícipes entrem em contato com a Defesa Civil, pelo fone 199. E que não liguem para pedir informações sobre previsão do tempo, já que o número é exclusivo para atendimentos emergenciais.



Sem título-2-08.png