Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Escola de SC passa a cantar hino da Venezuela para valorizar imigrantes: 'troca de respeito

Segundo a prefeitura, 34 estudantes venezuelanos estão matriculados na escola municipal Santo André, em Capivari de Baixo.

A escola municipal Santo André, em Capivari de Baixo, no Sul catarinense, adotou nesta semana o canto do hino da Venezuela como atividade oficial na unidade de ensino. Segundo a prefeitura, a proposta busca acolher e valorizar a cultura dos 34 estudantes venezuelanos matriculados no colégio.


Os hinos de Capivari de Baixo e do Brasil já eram cantados semanalmente na escola, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação. Na segunda-feira (30), o Gloria al Bravo Pueblo (Glória ao Bravo Povo, em português), da Venezuela, foi incluído no cronograma e será executado uma vez por mês.


Além do hino, a diretora da unidade, Cláudia da Rosa Nascimento Lopes, afirmou que os cerca de 240 estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental ouviram também um poema em espanhol na segunda-feira, declamado por estudantes. O texto foi traduzido pela diretora após a leitura.


Ela conta que os próprios alunos estrangeiros pesquisaram e distribuíram a letra original para os outros estudantes acompanharem. A ideia é envolver a cultura venezuelana na rotina dos alunos.

“Foi uma coisa muito linda e uma intensa troca de respeito, disciplina e amor”, relata Cláudia.


Fonte: G1

Sem título-2-08.png