Sem título-2-08.png
  • Redação

Escola Teresa Ramos emite nota após alunos passarem mal com alimento consumido na merenda

Atualizado: 14 de abr.


FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA


A Equipe Gestora da EEB Teresa Ramos emitiu um comunicado nesta quarta-feira (13) aos pais de alunos para informar os procedimentos que foram adotados após alunos passarem mal com carne consumida na escola. De acordo com os relatos, os estudantes tiveram dor de estômago, vômito e até diarreia após a merenda.


Segundo a nota, foram tomamos os procedimentos cabíveis à escola, de informar os superiores na 24ª Coordenadoria Regional de Jaraguá do Sul e também a empresa terceirizada SEPAT, responsável pela manipulação e o serviço de servir a alimentação.


Ainda conforme o comunicado, os fatos estão sendo investigados. "Uma amostra foi levada para análise e o resultado deve sair dentro de quatro dias úteis".


O lote de alimentação foi suspenso.


A equipe gestora disse que, assim que o problema foi identificado, o referido alimento foi imediatamente retirado do cardápio e substituído por outro.


Os alunos foram orientados que, caso não se sentissem bem, avisassem a coordenação ou a direção para encaminhamento ao Pronto Atendimento e/ou chamar os pais. E assim foi feito com oito alunos que procuraram a coordenação.


A direção disse que lamenta que tenha ocorrido essa situação e pediu aos pais que, caso os filhos não se sentissem bem, fossem levados ao Pronto Atendimento, e a escola comunicada o mais breve possível pelo WhatsApp 3276-9369.


Assim que sair o laudo do alimento que foi para análise, o Conselho Deliberativo Escolar deve se reunir novamente e tomar os procedimentos cabíveis.

Sem título-2-08.png