top of page
Sem título-2-08.png
  • Redação 2

Governador Jorginho Mello acompanha situação dos catarinenses detidos em Brasília



O governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, determinou que a Secretaria de Articulação Nacional do Estado, em Brasília, acompanhe de perto a situação dos 19 catarinenses que se encontram detidos após os atos registrados domingo na Capital Federal. “Estamos acompanhando e monitorando a situação para tentar garantir o direito de cada um ao processo legal a que todos temos direito. São catarinenses e por isso o Estado está se fazendo presente. Há muito desencontro de informações”, disse.


Jorginho está em contato com a Ordem dos Advogados do Brasil de SC, com a Procuradoria-Geral do Estado e também com a ministra do STF, Rosa Weber. De acordo com as advogadas da Secretaria de Articulação Nacional, que estiveram no local, todos estão sendo acusados dos mesmos crimes (atos terroristas, associação criminosa, abolição violenta do estado democrático de direito, golpe de Estado, ameaça, perseguição, incitação ao crime e dano ao patrimônio público). “Que a Justiça seja cumprida, puna os culpados e absolva os inocentes”, completou.

bottom of page