Sem título-2-08.png
  • Gabriel Jr

Grupo de SC esteve um dia antes onde rocha se soltou em MG; "Estamos bem", diz guia



Um grupo de 35 turistas catarinenses esteve na última sexta-feira (7) no mesmo local onde uma rocha se desprendeu e caiu sobre lanchas em Capitólio (MG), neste sábado (8).


Como seguiram viagem após a visita, todos estão bem e continuam o passeio pela região mineira.


Os turistas foram para a viagem com duas agências de Santa Catarina. Uma delas fica no Vale do Itajaí e outra tem sede em Joinville.

O guia de turismo André Elias de França, que acompanha o grupo por Minas Gerais, gravou um vídeo para tranquilizar os amigos e familiares dos catarinenses.

- Estamos na região da Serra da Canastra neste sábado. Ontem, fizemos um passeio de lancha no mar de Minas e, graças a Deus, ocorreu tudo muito bem. O pessoal aproveitou bastante o passeio. A gente só quer tranquilizar todos de Joinville e demais cidades que está tudo bem com nosso grupo na região de Capitólio - disse.

Os cânions do Lago de Furnas, em Capitólio, ficam a 293 km de Belo Horizonte e chamam a atenção pelos paredões de mais de 20 metros de altura. O local é procurado por turistas que fazem passeios de lanchas e mergulho nos lagos e rios locais.


Por volta de 12h30 deste sábado (8), um imenso bloco de rocha de um dos cânions de Capitólio se soltou e atingiu, ao menos, duas lanchas que estavam atracadas no Lago de Furnas.


Informações preliminares indicam que cerca de 15 pessoas teriam ficado feridas e ao menos duas teriam morrido.


Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra o momento em que uma grande rocha se desprende e atinge em cheio lanchas que estavam lotadas de turistas.



NSC

Sem título-2-08.png