Sem título-2-08.png

‘Hipótese é homicídio’: bombeiros realizam buscas por corpo de motorista desaparecido em SC

Luis Cesar Camargo desapareceu no dia 4 de setembro em São Bento do Sul e carro foi encontrado com marcas de sangue três dias depois em Itapoá



A angústia da família do motorista de aplicativo Luis Cesar Camargo continua em Santa Catarina. Ele está desaparecido desde o dia 4 de setembro, quando saiu de São Bento do Sul, no Planalto Norte, para fazer uma corrida em Campo Alegre, cidade vizinha, e não voltou mais.


Com sangue e marcas de violência, o carro de Luis foi encontrado três dias depois, em 7 de setembro, em Itapoá, no Litoral Norte, cidade que fica a pouco mais de 120 km de São Bento do Sul. No sábado (10), os Bombeiros Militares foram acionados e iniciaram buscas na região a fim de localizar Luis.


O delegado Gil Rafael Ribas investiga o caso e ressalta que a polícia trabalha para identificar os suspeitos. “Considerando o tempo decorrido e os sinais de violência, a hipótese mais provável é que ele tenha sido vítima de homicídio. Trabalhamos agora para identificar quem teria cometido o crime”, explica.

As buscas iniciaram ainda no sábado nas imediações onde o veículo foi encontrado abandonado. Com o auxílio da cadela Moana, as equipes trabalharam na região de mata e, após descartar o local e iniciaram os trabalhos no rio. Além da sinalização da equipe de cães, mergulhadores foram empenhados para a busca sub aquática no domingo (11), porém, nada foi encontrado até o momento.


Nesta segunda-feira (12), os Bombeiros Militares informaram que as buscas serão retomadas após novo planejamento da equipe de mergulho com nova delimitação do local para evitar influência da maré.


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png