Sem título-2-08.png

Homem de SC é investigado pelo comércio de estatuetas peruanas do período pré-colombiano

Nesta quinta-feira (11), os agentes federais realizaram operação policial para o cumprimento de mandado de busca e apreensão emitido pela Justiça Federal



Um homem de Florianópolis é investigado pela Polícia Federal pelo comércio eletrônico transnacional de artefatos do patrimônio histórico de possível origem ilícita.


Nesta quinta-feira (11), os agentes federais realizaram operação policial para o cumprimento de mandado de busca e apreensão emitido pela Justiça Federal.


A suspeita foi levantada pelo Ministério da Cultura do Peru, que tomou conhecimento da comercialização de objetos assemelhados a estatuetas peruanas do período pré-colombiano, praticado por meio de site de vendas internacional.


As investigações levaram à localização do vendedor em Florianópolis, com o qual foram encontrados diversos outros objetos que serão submetidos a inspeção para avaliar seu valor histórico e a licitude das suas origens.


De acordo com a PF, caso se conclua haver a posse de objetos do patrimônio histórico sem origem legal, além da apreensão, podem ficar caracterizadas as condutas de receptação ou crime contra patrimônio cultural.

Fonte: ND+

Sem título-2-08.png