Sem título-2-08.png

Joinville volta a ter aumento no número de mortes por Covid em junho

Óbitos pela doença estavam em queda por três meses consecutivos



Joinville voltou a apresentar aumento no número de mortes por Covid em junho. Foram 12 vítimas que morreram por complicações da doença durante o mês, sendo que maio havia fechado com apenas três óbitos. Os dados são do governo do Estado.


As vítimas foram sete mulheres, de 54 a 83 anos, e cinco homens, de 65 a 81 anos. Apenas duas vítimas não apresentavam comorbidades, de acordo com o Estado.


Três mortes aconteceram na primeira quinzena do mês, enquanto as demais foram registradas na segunda metade de junho - sete delas entre os dias 26 e 29.


Apesar do aumento das mortes em junho, o número ainda está dentro do patamar apresentado no início da pandemia. Desde o começo da disseminação do vírus, apenas quatro meses tiveram menos de 12 óbitos, por exemplo.


O último mês em que houve aumento de mortes foi em fevereiro, que terminou com 88 vítimas. Foi uma alta de 57% em relação a janeiro, quando haviam morrido 56 pessoas.


No total, 2.275 vítimas perderam a vida por complicações da Covid desde o início da pandemia em Joinville, sendo o município com mais mortes em Santa Catarina.


Veja os números por mês:


Os dados são do governo do Estado e podem sofrer alterações ao longo do tempo, caso haja registros de mortes anteriores que sejam incluídas no sistema posteriormente.


Clima frio e falta de vacina podem ser causas


Em entrevista ao Diário Catarinense, o infectologista e professor de medicina da Univille, Tarcisio Crocomo, explicou que dois fatores podem contribuir para o aumento das mortes: a chegada do inverno e a falta de vacinação.


— O clima frio favorece a disseminação de doenças respiratórias. E sabemos também que os casos mais graves atuais ocorrem em pessoas não vacinadas ou que não estão com as doses em dia e, com isso, ficam mais suscetíveis a doença mais grave — pontuou.


Por isso, o especialista orienta que os cuidados básicos sejam mantidos para evitar a contaminação, como uso de máscara, higiene das mãos, evitar aglomerações e a vacinação contra a Covid.


Casos ativos mantém patamar


Se as mortes apresentam aumento, o número de casos ativos se mantém estável desde o início de junho, quando foram registradas 1,5 mil pessoas diagnosticadas com o vírus em Joinville. Um mês depois, a cidade tem 1.578 casos ativos, segundo atualização do governo do Estado do último sábado (2).


Em maio, o município vivia um patamar de 200 casos ativos, mas o número começou a aumentar ao longo do mês até chegar em 1,5 mil no começo do mês passado. Ao longo de junho, Joinville chegou a atingir 1,9 mil pessoas diagnosticas com Covid.


Fonte: NSC

Sem título-2-08.png