Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Kombi que levava crianças para escola pega fogo em Concórdia: 'Não é uma carga qualquer', diz mãe

Prefeitura informou que investiga as causas do incêndio.


Três crianças tiveram queimaduras de primeiro grau após uma kombi, que fazia o transporte escolar de estudantes, pegar fogo em Concórdia, no Oeste catarinense, no fim da tarde de segunda-feira (2). A prefeitura informou que investiga a situação. O veículo ficou completamente destruído.


O caso aconteceu na linha Tiradentes, interior da cidade, por volta das 17h40. Segundo os bombeiros, as vítimas passam bem.


Além da condutora, onze crianças e adolescentes, com idades entre 10 e 14 anos, estavam no veículo quando as chamas começaram. Segundo os bombeiros, todos conseguiram sair antes que o automóvel fosse consumido pelo fogo.


Mãe fez alerta sobre veículo

Aline Favaretto, mãe de duas alunas que sofreram queimaduras, afirmou que percebeu que o veículo estava em condições precárias e pediu por melhorias antes do incêndio.


"Estávamos relatando há muito tempo que esse carro estava com problema, a porta caía e as crianças chegavam em casa com cheiro forte de combustível", contou.

Conforme os bombeiros, as suspeitas são de que o incêndio tenha começado na parte de trás da kombi, mas uma investigação será feita para apurar as causas do fogo.

"Não é uma carga qualquer que eles estão transportando, são os nossos filhos que dinheiro nenhum compra. É nosso bem mais precioso", desabafa.


Prefeitura se manifesta

A Secretaria de Educação informou, nesta terça-feira (3), que está reunindo informações, junto à empresa responsável pelo transporte, sobre as causas do incêndio. A prefeitura afirmou, ainda, que uma sindicância será instaurada após a conclusão da investigação.


A pasta disse que o veículo estava com a autorização para transporte em dia e passou por vistoria em fevereiro.


O município informou que possui 73 linhas escolares e que fiscalizações ocorrem todas as semanas. Destacou, no entanto, que vai convocar os prestadores de serviço para reforçar os cuidados com a manutenção dos veículos.


Fonte: G1

Sem título-2-08.png