Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Médico é investigado por venda irregular de medicamentos em clínica particular de Blumenau

Os pacientes relataram que o médico alegava que a medicação não era fornecida pelo SUS e a única forma de obter seria através de sua clínica


Uma clínica médica foi alvo de um mandado de busca e apreensão na tarde desta quinta-feira (19), no bairro Garcia, em Blumenau. O motivo seria por conta da suspeita de venda irregular de medicamentos a pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde).


Um médico efetivo da Semus (Secretaria de Promoção da Saúde) vem sendo investigado pela 4ª Decor (Delegacia de Combate à Corrupção) de Blumenau. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é de que o médico direcionava os pacientes do SUS para sua clínica particular, alegando que os medicamentos receitados por ele não eram fornecidos pela rede pública.


Os pacientes relataram que o médico alegava que a medicação não era fornecida pelo SUS e a única forma de obter seria através de uma clínica particular, oportunidade em que indicava a própria clínica, passando nome da secretária e número de telefone para a compra da medicação.


Inclusive, uma das pacientes relatou que durante a consulta na policlínica o médico chegou a afirmar que “o SUS quer mais que velho morra”. Além dos policiais, a Vigilância Sanitária também participou das buscas no consultório, onde foram apreendidos alguns medicamentos.


As investigações permanecem em andamento para identificar outros pacientes que teriam sido direcionados da rede pública de saúde para a clínica particular do médico investigado.


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png