Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Mapas sobre a dengue desenvolvidos em Itajaí são destaque em conferência nos EUA

Mapas de controle e prevenção da dengue usados na cidade foram citados no maior evento de geoprocessamento do mundo por bilionário norte-americano



Os mapas de geoprocessamento para controle e prevenção da dengue em Itajaí ganharam destaque internacional nesta segunda-feira (11).


O munícipio do Litoral Norte de Santa Catarina foi destacado na “Esri User Conference”, conferência de tecnologia que acontece em San Diego, Califórnia nos Estados Unidos até a próxima sexta-feira (15).


O evento reúne 20 mil participantes de várias participantes que utilizam a tecnologia da Esri, uma companhia norte-americana de processamento de dados.


Dono de uma fortuna de quase 6 bilhões de dólares, o presidente e fundador da empresa, o norte-americano Jack Dangermond destacou em sua apresentação os mapas sobre a dengue disponíveis no GeoItajaí.


Os desenvolvedores explicam que essa ferramenta permite que a prefeitura tenha informações atualizadas sobre a localização de casos positivos da dengue, armadilhas e as visitas realizadas pelos agentes de endemias que fazem os registros através de tablets.


Com essas informações, o Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde consegue definir as estratégias mais eficientes e direcionadas para o combate ao mosquito Aedes Aegypti.


Murilo Sodré, o secretário municipal de tecnologia comemora “Foi uma satisfação ver o nosso case, que já é referência no estado, ser destacado na abertura de um evento mundial. Isso é motivo de muito orgulho pra nossa cidade”, explica.


Desenvolvido através de uma parceria entre as pastas de Tecnologia e Desenvolvimento o GEO Itajaí já recebeu o prêmio de Boas Práticas na área da Saúde da UDESC e em 2022, foi inscrito na conferência que acontece nos Estados Unidos.


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png