Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Moradores de Joinville podem denunciar focos de dengue por aplicativo

Cidade já registrou 9,8 mil focos do mosquito Aedes aegypti neste ano

Os moradores de Joinville podem usar mais uma ferramenta na luta contra a dengue. A novidade divulgada pela prefeitura nesta segunda-feira (27) é a possibilidade de fazer denúncias sobre focos do mosquito Aedes aegypti pelo aplicativo Joinville Fácil, que hoje já é usado para solicitar serviços de iluminação pública.


O aplicativo está disponível gratuitamente para celulares Android e IOs. Após fazer um cadastro simples, são poucos passos para denunciar possíveis lugares que servem como criadouros do Aedes aegypti. É necessário informar a localização do foco, incluir uma foto e descrever a situação.


— A nova funcionalidade de denunciar focos de dengue no Joinville Fácil vem para facilitar a participação do joinvilense na luta contra a doença. A iniciativa se soma com várias outras ações que nossa equipe está desenvolvendo, como mutirões e campanhas — destaca o prefeito Adriano Silva.


A denúncia feita pelo aplicativo será encaminhada para a equipe da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde. Em caso de terrenos ou casas abandonadas, por exemplo, a denúncia será enviada também para a unidade de fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente (Sama) para que o proprietário possa ser notificado ou autuado.


— Sabemos que quatro em cada dez focos de dengue estão em residências. Por isso, além de denunciar, é muito importante também estar sempre atento à nossa casa, verificando a caixa d’água, calhas e vasos de planta, por exemplo — reforça o prefeito.


Joinville tem 12 mil casos de dengue confirmados neste ano, além de 9,8 mil focos do mosquito Aedes aegypti. Os bairros com mais registros são Aventureiro (730 focos), Costa e Silva (523) e Floresta (461).


Fonte: NSC

Sem título-2-08.png