Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Moradores terão que deixar casas em rua que cedeu mais de um metro em São Bento do Sul

Prefeitura vai montar abrigo para pessoas e dar prazo para retirada de pertences das residências


As pessoas que moram na rua que cedeu mais de um metro em São Bento do Sul, no Planalto Norte de SC, serão notificadas para deixar suas casas. Duas residências já estão interditadas e as demais também serão nos próximos dias, segundo a prefeitura.


Os representantes da Defesa Civil municipal, das secretarias de Obras, Planejamento, Assistência Social e Educação se reuniram nesta terça-feira (21) para analisar a situação da rua Jaraguá do Sul. Um decreto de situação de emergência da área será publicado pela prefeitura, ainda sem data divulgada oficialmente.


O município definiu que criará um abrigo para as famílias que moram na rua e precisarão sair das casas. A Defesa Civil e a Secretaria de Assistência Social vão passar nas residências para comunicar os moradores sobre as novas medidas.


— No aviso que será dado aos moradores, vamos dar um prazo para a retirada dos pertences — explicou o diretor da Defesa Civil, Vilmar Kravec.


As decisões foram tomadas após o resultado de um laudo emitido pelo geólogo Aharon Israel Varreiro Saldanha, da Associação de Municípios do Nordeste de SC (Amunesc). O documento atesta que a região é de alto risco para desmoronamento, não apenas nos imóveis já interditados, como para outras casa próximas.


Além disso, a região é de Área de Proteção Permanente (APP), o que impede a prefeitura de mexer no local a partir do momento em que a via desmoronar. Segundo o município, o local também não poderá mais receber o fornecimento de energia elétrica porque a Celesc será impedida de realizar a ligação nos imóveis.


Fonte: NSC

Sem título-2-08.png