Sem título-2-08.png

Neve em SC pode voltar com temperatura de 0ºC no fim de semana

Frio intenso chega na madrugada de domingo na Serra, onde os termômetros marcam perto de 0°C.


O calor registrado em Santa Catarina nos últimos dias dará lugar ao frio neve na Serra mais uma vez. Segundo a Epagri/Ciram, órgão que monitora o tempo no Estado, no fim da tarde e noite de domingo (28), a influência de uma massa de ar frio de origem polar trará condição de chuva congelada e neve na região.


A queda na temperatura começa ainda na madrugada de domingo, e deve variar de 10°C a 15°C na maior parte do Estado. Na Serra, porém, os termômetros ficam perto de 0°C, segundo o órgão.

Até o fim de semana, porém, o sol predomina entre algumas nuvens e nevoeiros em todas as regiões. Assim como na quarta-feira (24), nesta quinta-feira as máximas podem chegar perto dos 25ºC. De acordo com a Defesa Civil, instituição que também acompanha a situação tempo no Estado, na sexta-feira (26) e sábado (27), os termômetros sobem ainda mais, e chegam aos 29ºC e 30C no litoral e áreas próximas ao Oeste.


Neve

Se a previsão se confirmar, será a segunda vez que o fenômeno é visto no inverno de 2022. A neve já havia em 18 de agosto. No outono, houve registro em maio. Todas vezes, os flocos de gelo foram flagrados na Serra catarinense.


Quando nevou em SC neste ano:

A primeira neve de 2022 em Santa Catarina foi registrada em maio. Um dos primeiros registros foi feito no Morro das Antenas, em Urupema. Outros municípios também registram o fenômeno:


  • 17 de maio: Lages, São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urubici, Urupema e Rio Rufino

  • 18 de maio: Urupema e Urubici

  • 18 de agosto: São Joaquim

Alerta

Com as temperaturas baixas, a Defesa Civil alertou para hipotermia e agravamento de doenças cardíacas e respiratórias.

Confira abaixo orientações do órgão para evitar maiores problemas com o frio intenso:

  • tenha atenção com a população mais vulnerável: as crianças, os idosos e os doentes;

  • abrigue animais domésticos nas noites mais frias;

  • beba bastante água e se agasalhe bem;

  • evite locais fechados e com aglomeração e mantenha as mãos higienizadas;


Orientações para alagamentos:


  • Evite contato com as águas;

  • Não dirija em áreas alagadas;

  • Evitar pontilhões e pontes submersas;

  • Redobrar atenção com as crianças.


Orientações em casos de deslizamentos:


  • Fique atento a inclinação de postes e árvores;

  • Qualquer movimento de terra ou encostas próximo à sua residências;

  • Aparecimento de rachaduras em muros ou paredes.

Fonte: G1

Sem título-2-08.png