Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Onze detentos são indiciados por envolvimento na morte de colega de cela em SC

Sete dos suspeitos foram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e fraude processual. Outros quatro vão responder por falso testemunho.


A Polícia Civil indiciou 11 detentos pelo envolvimento na morte de um colega de cela dentro do presídio masculino de Lages, na Serra catarinense. O crime ocorreu em 2 de janeiro deste ano e o inquérito foi concluído na segunda-feira (27).


Sete dos suspeitos foram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e fraude processual. Outros quatro vão responder por falso testemunho. Segundo a investigação, o grupo forjou uma cena de suícidio e colocou o corpo da vítima enforcada na janela da cela.


Durante as investigações, policiais notaram marcas no corpo da vítima que apontavam para o crime de homicídio. Com o trabalho de perícia em objetos de cela, análises do material recolhido pelos policiais e depoimentos, a polícia apontou a participação dos suspeitos no crime.


As investigações apontaram também que a vítima foi morta por afogamento, após ser dominada e estrangulada. Descobriu-se, ainda, que o crime ocorreu após autorização de uma organização criminosa que atua no sistema penitenciário catarinense.


"A vítima teria praticado atos que não eram aceitos pela facção e demais detentos", informou, em nota, a Polícia Civil.


Fonte: G1

Sem título-2-08.png