Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Operação sequestra carros e imóveis de luxo e cumpre 22 mandados contra quadrilha em Laguna

Objetivo é garantir a "asfixia financeira" do líder do grupo, que se valia de diversos adolescentes para o comércio de drogas no município



A Polícia Civil deflagrou na madrugada desta sexta-feira (26) uma operação contra o tráfico de drogas, em Laguna, no Sul catarinense. Chamada de “Cartada Final”, a ação envolve diversas forças de seguranças e visa o cumprimento de 22 ordens judiciais.


Entre os mandados, estão cinco de prisão preventiva, sete de busca e apreensão, quatro de sequestro, dois de alienação antecipada, três de afastamento de sigilo bancário e fiscal e um de bloqueio de conta bancária.


A operação é resultado de um ano de investigações no município que identificaram uma sólida e sofisticada associação criminosa voltada à prática do comércio de drogas na localidade da Malvina.


Segundo as autoridades, no curso desses quase 12 meses, foram apreendidos diversos tipos de droga, como crack, maconha e cocaína, assim como munições de variado calibre.


“Asfixia financeira” do líder


O objetivo da operação, além de dar cumprimento as prisões dos membros da associação criminosa, é a “asfixia financeira” do líder desse grupo, que se valia de diversos adolescentes para a realização do comércio de drogas.


Para isso, o juízo da comarca de Laguna, após representação policial e manifestação favorável do Ministério Público, determinou o bloqueio de sua conta, assim como o sequestro de dois imóveis de sua propriedade – avaliados em mais de R$ 1 milhão, e de dois veículos automotores, avaliados em quase R$ 100 mil.


Segundo a Polícia Civil, as investigações devem ser finalizadas nos próximos 30 dias.


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png