Sem título-2-08.png

Para evitar alagamentos, Criciúma inicia construção de piscinão

Investimento é de R$ 695 mil e área tem seis hectares


O município de Criciúma, no Sul do Estado, iniciou a escavação para a implantação da bacia de detenção do bairro Quarta Linha, que vai funcionar como uma espécie piscinão para evitar alagamentos na cidade. O local escolhido compreende as ruas Guizzo Possamai e a Constantino Zanette, do Loteamento Veneto.


O projeto faz parte do complexo de obras de infraestrutura que vêm sendo executadas pelo município e visa a diminuição da vazão do canal que cruza a área urbanizada da Quarta Linha. O investimento para a implantação é de R$ 695 mil.


A bacia ocupará uma área de seis hectares, que absorve até 40 minutos de chuva intensa. “No momento de chuva forte, ela vai segurar a água e vai ter um vertedouro que quando chegar ao limite desta bacia a água passa escoar lentamente evitando alagar as casas. É segurança para o cidadão criciumense”, afirmou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

O secretário municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Tita Belloli, ressaltou a importância desse projeto. “O bairro Quarta Linha é uma região muito plana e quando chove a água se espalha nas áreas consolidadas”, frisou.


“Além de todas as obras que o governo de Criciúma está fazendo, como o Canal Auxiliar e limpeza de rios, já foi feito uma bacia de detenção no bairro Colonial, onde diminuiu alagamentos no Distrito do Rio Maina”, acrescentou o secretário.


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png