Sem título-2-08.png
  • Gabriel Jr

Participantes de Projeto Corupá Vida e Saúde finalizam atividades do ano



Foi realizada na manhã desta segunda-feira, 20, a última aula deste ano envolvendo o projeto Corupá Vida e Saúde. A iniciativa consiste em envolver principalmente as pessoas da terceira idade em atividades físicas regulares.


Para isso, a Prefeitura Municipal de Corupá, por meio da Secretaria de Saúde, contratou um professor de educação física, que três vezes por semana, reúne os participantes numa série de exercícios, melhorando o condicionamento e deixando o sedentarismo de lado. “Muitas pessoas já me disseram que não sentem mais dores nas articulações e além de fazer muito bem para a saúde, estas pessoas estão mais preparadas para enfrentar eventuais infecções, como a Covid . Embora estejam vacinados, há uma pequena possibilidade de contrair a doença”, disse o preparador físico Diego Früschting.


Para a dona Sueli Demathê, de 70 anos, a iniciativa do projeto foi maravilhosa. Ela conta que antes tinha muitas dores nos braços e que agora, se sente muito melhor. “Para mim, está sendo 10 e estou bem melhor”, relatou.


Quem também está se sentindo muito bem é dona Irnalda Berner, de 66 anos. Segundo ela, a atividade física lhe trouxe mais ânimo para enfrentar o dia a dia. “Estou gostando muito e não pretendo parar”, declarou.


De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Felipe Rafaeli Rodrigues, as aulas reiniciam no dia 12 de janeiro. Ela avalia o projeto Corupá Vida e Saúde, como extremamente importante. “Com a pandemia, estas pessoas ficaram em casa e basicamente não faziam nenhuma atividade física. O projeto trouxe a oportunidade para que eles se movimentem, ganhem condicionamento, além de ter uma ocupação que faz muito bem para a saúde”, enfatizou.

Sem título-2-08.png