Sem título-2-08.png

Partidos querem que Bolsonaro não use imagens do 7 de Setembro e seja multado por atos

Presidente e candidato à reeleição misturou, em Brasília e no Rio, festejos cívico-militares pelos 200 anos da Independência com atos de campanha.


Partidos de oposição elaboraram uma ação para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira (8) em que pedem que o presidente Jair Bolsonaro seja proibido de usar em sua campanha imagens dos atos do 7 de Setembro. As siglas também querem que Bolsonaro seja multado por ter feito propaganda eleitoral em evento de governo.


A ação é assinada por Solidariedade, Psol, Rede, PSB e Avante.

Bolsonaro participou de dois atos na quarta-feira (7) sobre os 200 anos da Independência. Em Brasília e no Rio, os festejos cívicos e militares foram misturados com ações de campanha do presidente, candidato à reeleição.

Ele discursou para milhares de apoiadores que o esperavam nos eventos, pediu votos, enalteceu ações do seu governo e atacou adversários na eleição.

"O candidato à reeleição à Presidência da República se utilizou de um evento organizado, despendido, com toda estrutura da máquina pública, para realizar verdadeira propaganda eleitoral. Os atos de 7 de Setembro transformaram-se em verdadeiros comícios!", escreveram os partidos ao TSE.


Fonte: G1

Sem título-2-08.png