Sem título-2-08.png

Pedágio mais caro no trecho Sul da BR-101



Com pouco mais de um ano de operação, as praças de pedágio do trecho Sul da BR-101 em Santa Catarina passam a aplicar o primeiro reajuste nos valores a partir de 0h da próxima quinta-feira (16). O valor básico, de R$ 2,10, passa a R$ 2,40. O acréscimo nos valores foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em ato divulgado nesta terça-feira (14) no Diário Oficial da União.


Em nota, a CCR ViaCosteira, concessionária que gerencia o trecho de 220 quilômetros entre Paulo Lopes e São João do Sul, justificou o reajuste com a aplicação do IPCA acumulado dos últimos 12 meses. Na matemática, foi apontado que o valor original concedido, de R$ 2,144, foi arredondado no início da cobrança, em maio de 2021, para R$ 2,10. Com a correção pelo IPCA de 11,03% saltou para R$ 2,355, com arredondamento para R$ 2,40.


Os valores serão cobrados nas quatro praças de pedágio do trecho, nos quilômetros 298 (em Laguna), 344 (Tubarão), 404 (Araranguá) e 457 (São João do Sul). Trata-se do primeiro reajuste previsto a partir do contrato firmado em agosto de 2020, quando da oficialização da concessão pela União à empresa vencedora do certame. O contrato prevê 30 anos de exploração do trecho, com contrapartida em investimentos, alguns deles já em execução, como manutenção do asfalto e atendimento e socorro a usuários.


O valor de R$ 2,40 é válido para carros de passeio, furgões e caminhonetes. Caminhões leves, ônibus, caminhão-trator e caminhão-furgão devem pagar R$ 4,80. Para automóveis e caminhonetes com semirreboque o valor é de R$ 6. A partir daí, há outrs categorias com valores de R$ 9,60, R$ 12 e R$ 14,40. Para motocicletas, o valor saltou de R$ 1,05 para R$ 1,20.


Terceiro mês com menor movimento


A CCR acusou a passagem de 3.099.483 veículos pelas quatro praças de pedágio do Sul no mês de maio. Foram 2 milhões de carros de passeio, 76,9 mil motocicletas, 954 mil caminhões e 14 mil ônibus. Esse foi o terceiro mês com menor fluxo no trecho desde o início da concessão, só superando junho de 2021, com 3.067.753 veículos, e maio do ano passado, com 3.086.471.


O mês de maior movimento no trecho pedagiado da BR-101 Sul foi janeiro, com 4,4 milhões de veículos.


Fonte: NSC

Sem título-2-08.png