Sem título-2-08.png
  • Redação

PRF prende um dos chefes do PCC que viajava de Jaraguá do Sul para SP



Na tarde da última segunda-feira (24), em Itapecerica da Serra, São Paulo, uma operação articulada pelas regionais da Polícia Rodoviária Federal de São Paulo e de Santa Catarina resultou na prisão de dois integrantes da organização criminosa conhecida como Primeiro Comando da Capital (PCC).


O veículo dos criminosos vinha de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, com destino a capital de São Paulo. Durante a abordagem, os policiais constataram que os documentos de identificação apresentados pelos dois ocupantes eram falsos, ambos com mandado de prisão em aberto.


Os detidos são responsáveis pelo recebimento de drogas no Paraguai. Um dos detidos figura como o responsável pelo comando da associação criminosa além de determinar a função de cada um dentro da organização.


Em decorrência do mandado de prisão e da prática do crime de uso de documento falso, os indivíduos foram encaminhados à Polícia Federal.


PCC


O Primeiro Comando da Capital foi fundado na Casa de Custódia de Taubaté – SP (“Piranhão”), no ano de 1993, e é uma das maiores organizações criminosas do Brasil. A facção atua principalmente em São Paulo, mas também está presente em todos os estados brasileiros, além de países próximos como Paraguai, Bolívia, Colômbia e Venezuela. A organização é financiada principalmente pelo tráfico de drogas, mas roubos de cargas, assaltos a bancos e sequestros também são fontes de faturamento.


Fonte: PRF


Sem título-2-08.png