Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Rodovias de SC têm interdições em função das fortes chuvas; confira os trechos

Entre as ocorrências registradas em rodovias estaduais e federais estão alagamentos, deslizamentos e quedas de barreira



As fortes chuvas em Santa Catarina prejudicaram a mobilidade em diversos trechos de rodovias que cortam o Estado. Entre as ocorrências, foram registrados alagamentos, deslizamentos e quedas de barreira.


Equipes da SIE (Secretaria de Estado da Infraestrutura) atuam para liberação dos trechos nas rodovias estaduais e alertam para o risco de mais deslizamentos em função do solo molhado.


A SIE emitiu um boletim com a situação em cada região até as 10h30 desta quarta-feira (4), conforme as coordenadorias regionais.

Confira:

Meio-Oeste:

  • SC-453, KM 60 (Luzerna para Ibacaré): interdição total da via por causa do nível de água do Rio do Peixe;

  • SC-135, KM 136+450 (em Pinheiro Preto): interdição total por queda de barreira e árvores na pista. Está sendo providenciado a limpeza/desobstrução da rodovia, mas a previsão de liberação é somente na quinta-feira (5), se parar de chover;

  • SC-135, KM 136+450: interdição total por quedas de barreiras;

  • SC-464, KM 5+800 (Arroio Trinta para Iomerê): interdição total da pista, devido ao nível de Água do Rio;

  • SC-120, KM 237 (Curitibanos para São José do Cerrito): Trânsito em Meia Pista, Queda de Barreira.

Região do Vale

  • SC-486, entre Itajaí e Brusque: rodovia com uma pista interditada. A medida é de segurança. Com as intensas e incessantes chuvas dos últimos dias, houve adensamento do solo e há risco do pavimento ceder;

  • SC-350, KM 360, entre Aurora e Rio do Sul: trânsito interrompido. A rodovia está com alagamento da pista devido o aumento das águas do Rio Itajaí.

Região Serrana

  • SC-112, km 252, entre Urupema e Rio Rufino: trânsito interrompido por queda de barreira na via;

  • SC-114, em Painel: equipes trabalhando na limpeza da via;

  • Serra do Corvo Branco, SC- 70: queda de barreira e deslocamento de rocha. Trânsito em meia pista e com risco de mais desmoronamentos;

  • SC-350, trecho Alfredo Wagner – km 413: Queda de pedras na pista, equipe da SIE no local para avaliação dos riscos;

  • SC-390, Bom Jardim da Serra, km 383: Em obras: ampliação da rachadura na posta. Trânsito em meia pista, equipes da SIE já estão no local.

  • SC -390, km 396: eminência de deslizamento em pista. Empresa de limpeza foi comunicada;

  • SC-110, km 410, trecho São Joaquim a Urubici: trânsito em meia pista devido à queda de barreira;

  • SC-110, km 397, Urubici a São Joaquim, na localidade Vacas Gordas: parte da pista está cedendo.

Região Sul

  • SC-370 em Grão Pará: Movimento de solo e alteração no corpo da estrada. Será necessário sinalização na pista e monitoramento. Equipe de engenharia no local para avaliação dos riscos;

  • Ponte na saída de Braço do Norte em direção a Grão Para: risco de alagamento da pista devido ao aumento do nível do rio.

Grande Florianópolis

A PMRv (Polícia Militar Rodoviária) informou que não há registro de ocorrências recentes nas rodovias estaduais da Grande Florianópolis e que o trânsito flui normalmente.


No início da manhã, houve ponto de alagamento na SC-405, na região do Rio Tavares, mas sem interrupção do fluxo, apenas retenção.

Equipes monitoram um ponto na SC-404, no Morro da Lagoa, e dois pontos na SC-406, na praia Mole e na Armação. Segundo a PMRv, são trechos onde há deslizamento de terra, mas não há interrupções no trânsito.


Rodovias federais

Nesta manhã, a pista sentido norte no km 337 da BR-101, no Morro do Formigão, em Tubarão, no Sul do Estado, sentido norte está parcialmente obstruída devido ao deslizamento de pedras.


A faixa da esquerda está obstruída e o trânsito flui pela faixa da direita. Já o sentido sul está liberado. A CCR Via Costeira e PRF (Polícia Rodoviária Federal) no local para a retirada das pedras.


Às 10h20, a CCR Via Costeira emitiu uma nota informando sobre o tráfego na BR-101 Sul. É preciso redobrar a atenção na via marginal da região de Paulo Lopes no km 264, pois ambos os sentidos estão bloqueados por conta do alagamento.


Em Maracajá, na altura do km 397+700 ambos sentidos estão bloqueados por conta de alagamento. O local foi sinalizado com desvio para a rodovia principal.


No km 331, em Tubarão, a pista sentido Norte da via marginal também está alagada.


Recomendações

Durante o período de chuvas, a CCR Via Costeira reforça sobre a importância de reduzir a velocidade na rodovia, manter uma distância segura de 10 metros do veículo que segue à frente e sempre manter os faróis ligados.


Ainda, como forma de contribuir para uma boa visibilidade, o motorista deve utilizar o ar-condicionado e o desembaçador traseiro. Em caso de pouca ou nenhuma visibilidade, o motorista deve estacionar o veículo em área segura, fora do acostamento.


Há seis bases operacionais do SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário) da CCR Via Costeira. localizadas em: Imbituba km 267 sentido Sul; Laguna km 305 pista sentido Norte; Sangão km 354 pista sentido Sul e Santa Rosa do Sul km 447 sentido Norte.


A Concessionária reforça que continua monitorando eventuais pontos que possam causar interferência no tráfego.


Fonte: ND Mais

Sem título-2-08.png