Sem título-2-08.png

Rumo Logística apresenta plano de investimentos para SC

O assunto será abordado na reunião da Câmara de Transporte e Logística da Fiesc que terá transmissão on-line no canal da Federação no YouTube


A Rumo Logística, operadora da malha ferroviária em Santa Catarina, apresenta no dia 15 de junho, a partir das 14 horas, seu plano de investimentos para as ferrovias do Estado, considerando a extensão da concessão da malha sul. Entre os trechos que devem receber aporte de recursos da concessionária está o ramal que liga Mafra a São Francisco do Sul, além do corredor norte-sul que passa por Lages. O assunto será abordado na reunião da Câmara de Transporte e Logística da Fiesc que terá transmissão on-line no canal da Federação no YouTube.


Conforme informações do Porto de São Francisco do Sul, anualmente, cerca de 700 trens chegam ao complexo portuário, carregados de soja e milho, principalmente. São mais de 3 milhões de toneladas de carga, o que representa 50% do total dos embarques de grãos do porto. A outra metade chega por meio de caminhões.


A maior parte da carga é proveniente de Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul e alcança o porto por meio do corredor ferroviário que liga Mafra, no Planalto Norte de SC, ao Porto de São Francisco, num trajeto de 170 quilômetros.


Em Corupá, a 80 quilômetros do complexo portuário, é feito o transbordo e distribuição dos vagões que seguem para São Francisco. Como as composições circulam a 25-30 quilômetros por hora, esse percurso demora cerca de 2,5 horas.


Em média, cada trem da empresa Rumo é composto por 80 vagões, que transportam em torno de 50 toneladas cada um. Assim, todos os anos, aproximadamente 57 mil vagões são descarregados no complexo portuário.


Fonte: JDV

Sem título-2-08.png