Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Segundo suspeito de participação no desaparecimento de jornalista e indigenista é preso no AM

Oseney da Costa de Oliveira, de 41 anos, conhecido como "Dos Santos" é irmão de Amarildo da Costa Oliveira, o 'Pelado. Ambos são investigados pelo desaparecimento de Bruno e Dom e estão presos no município de Atalaia do Norte. Até esta terça-feira (14), 9 pessoas foram ouvidas pela Polícia.


Oseney da Costa de Oliveira, de 41 anos, conhecido como "Dos Santos", foi preso temporariamente nesta terça-feira (14), suspeito de participação no desaparecimento do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips. Ele é irmão de Amarildo da Costa de Oliveira, conhecido como "Pelado", que já estava preso no município de Atalaia do Norte.


Oseney vai ser interrogado e encaminhado para uma audiência de custódia na Justiça de Atalaia do Norte, segundo a PF.

Até esta terça-feira (14), nove pessoas foram ouvidas pela polícia. Entre elas, a mulher de Amarildo, cujo primeiro nome é Josenete. Ela prestou depoimento na última sexta-feira (10) em companhia de um advogado e preferiu não falar sobre a prisão do marido nem sobre o caso dos desaparecidos.


Amarildo foi preso na terça-feira (7), mas por outro motivo: durante as buscas em sua casa, a Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) encontrou uma porção de droga, além de munição de uso restrito das Forças Armadas.


Os dois desapareceram no dia 5 de junho quando navegavam pela Terra Indígena Vale Javari, no oeste do Amazonas.


Fonte: G1

Sem título-2-08.png