Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

SES promete 143 novos leitos de UTI até setembro em SC para aliviar problemas na Saúde

Segundo a SES, não há ninguém aguardando por leitos de UTI nesta segunda-feira (8)


A SES (Secretaria do Estado da Saúde) divulgou que vai ampliar o número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) infantil em Santa Catarina. A decisão prevê 143 novos leitos até setembro. A ação foi tomada algumas semanas depois de diversos casos que demonstravam a falta de estrutura ao atendimento de saúde do Estado.


De acordo com a SES, a pasta segue “desenvolvendo estratégias de ampliação de leitos para atendimento infantil em Santa Catarina”. Nesta semana já foram ativados 10 novos leitos de UTI, sendo oito neonatais e dois pediátricos. Também foi acordada a abertura de 10 leitos no Hospital Salvatoriano em Videira.


Os 10 leitos ativados nesta semana estão divididos em três unidades hospitalares. São dois de UTI pediátrica no Hospital Azambuja, em Brusque, três de UTI neonatal no Hospital Oase, em Timbó e cinco de UTI neonatal no Hospital Regional de Araranguá.


Os leitos, segundo a SES, são ativados desde o decreto de emergência de enfrentamento às doenças respiratórias.


Com as ativações desta semana, já são 85 leitos ampliados, todos mantidos pelo Governo do Estado. Entre eles estão 29 de UTI pediátrica, 36 de UTI neonatal e 20 de cuidados intermediários.


Nos últimos três dias, as atualizações da Regulação Estadual não apresentam pacientes à espera de leitos.


Número de Leitos

85 leitos em funcionamento:

  • Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, com 4 de UTI neonatal, 8 intermediários pediátricos e mais 7 leitos de enfermaria;

  • Hospital Hélio dos Anjos Ortiz, em Curitibanos, com 5 de UTI neonatal;

  • Hospital Pequeno Anjo, em Itajaí, com 6 de UTI pediátrica;

  • Hospital e Maternidade Jaraguá do Sul, com 6 de UTI pediátrica;

  • Hospital Seara do Bem, em Lages, com 5 de UTI pediátrica;

  • Hospital Infantil Jesser Amarante Faria, em Joinville, com 10 de UTI pediátrica;

  • Hospital Azambuja, em Brusque, com 10 de UTI neonatal;

  • Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul, com 4 de UTI neonatal;

  • Hospital Regional Dr. Homero de Miranda Gomes, em São José, 5 intermediários neonatal;

  • Hospital Materno Infantil Santa Catarina, em Criciúma, com 5 UTIs neonatais;

  • Hospital Oase, Timbó, com 3 de UTI neonatal;

  • Hospital Azambuja, em Brusque, com 2 UTI pediátricos.

  • Hospital Regional de Araranguá, com 5 de UTI neonatal.


Aberturas de 58 leitos previstas para as próximas semanas:

  • Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, 10 intermediários pediátricos e 6 leitos de enfermaria;

  • Hospital e Maternidade Carmela Dutra, Florianópolis, 3 leitos intermediários canguru;

  • Hospital Oase, Timbó, com 7 de UTI neonatal;

  • Hospital Materno Infantil Santa Catarina, em Criciúma, com 2 de UTI neonatal;

  • Hospital Regional de São José, São José, com 10 de UTI neonatal;

  • Hospital Regional Helmuth Nass, Biguaçu, com 10 de UTI neonatal, sendo 3 de isolamento;

  • Hospital Salvatoriano, Videira, com 05 de UTI neonatal e 05 de UTI pediátrica.


100% de ocupação


De acordo com o painel de leitos da SES, a Grande Florianópolis está com 100% de ocupação em leitos pediátricos. O dado no estado é de 86,67% de ocupação.


Segundo a SES, não há ninguém aguardando por leitos de UTI em Santa Catarina nesta segunda-feira (8).


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png