Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Ucrânia fecha portos tomados pela Rússia e pode perder milhões de toneladas de grãos

Presidente Volodymyr Zelensky alertou que interrupção na exportação pode desencadear crise alimentar em países da Europa, África e Ásia


A Ucrânia fechou formalmente seus quatro portos nos mares Negro e Azov, que as forças russas capturaram, disse o Ministério da Agricultura ucraniano nesta segunda-feira (2).

Os portos do Mar de Azov de Mariupol, Berdiansk e Skadovsk e o porto de Kherson no Mar Negro foram fechados “até a restauração do controle”, disse o ministério em comunicado.


“A adoção desta medida deve-se à impossibilidade de servir navios e passageiros, realizar cargas, transportes e outras atividades econômicas conexas, garantindo o nível adequado de segurança da navegação”, afirma.


Todos os portos marítimos ucranianos suspenderam suas atividades como resultado da invasão russa no final de fevereiro. As forças invasoras capturaram alguns portos e bloquearam outros.


O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse nesta segunda-feira que a Ucrânia pode perder dezenas de milhões de toneladas de grãos devido ao controle russo do transporte marítimo do Mar Negro, desencadeando uma crise alimentar que afetará Europa, Ásia e África.


“A Rússia não permite que navios entrem ou saiam, está controlando o Mar Negro”, disse Zelensky ao programa de notícias australiano 60 Minutes.


“A Rússia quer bloquear completamente a economia do nosso país”, afirmou o ucraniano.

A Ucrânia, um grande produtor agrícola, costumava exportar a maior parte de seus produtos por mar, mas foi forçada a começar a escoar sua produção por trem através da fronteira ocidental ou através de pequenos portos no rio Danúbio.


O ministério da Agricultura da Ucrânia disse na semana passada que as exportações de grãos atingiram 45,709 milhões de toneladas na temporada 2021/22, julho-junho.


A pasta disse que o volume inclui 763 mil toneladas exportadas em abril, mas não deu números comparativos. Altos funcionários da agricultura disseram este mês que a Ucrânia exportou até 300 mil toneladas de grãos em março.


A Rússia chama sua intervenção na Ucrânia de “operação especial” para desarmar a Ucrânia e livrá-la de forças e batalhões neonazistas e fascistas. A Ucrânia e o Ocidente dizem que a alegação de luta contra fascistas é infundada e que a guerra é um ato de agressão não provocado.


Fonte: G1

Sem título-2-08.png