Sem título-2-08.png
  • Junior Sas

Vento forte causa cancelamento de voos e impede pouso de avião em Joinville

Além de aviões que não conseguiram pousar em seus destinos, também houve casos de voos cancelados

Além da forte ressaca no mar e dos transtornos em terra, a tempestade Yakecan traz impactos também no céu de Santa Catarina. Nesta semana, vários voos foram cancelados ou tiveram que retornar ao aeroporto de origem por não conseguirem pousar no Estado.


Uma aeronave da Azul, por exemplo, desistiu do pouso em Joinville, no Norte do Estado, por causa das condições climáticas que impossibilitavam a aterrisagem na noite de terça-feira (17).


O site FlightRadar24, que faz o monitoramento de voos, mostra o trajeto do avião que saiu às 21h50 do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Ele chega a fazer várias voltas na região Norte, mas, sem condições de pouso, acaba voltando ao aeroporto de origem.


Segundo a Azul, o pouso e desembarque em Viracopos ocorreram normalmente e os passageiros receberam atendimento no local, sendo acomodados em outros voos da companhia. “A Azul lamenta eventuais aborrecimentos causados e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações”, disse em nota.


Outro voo da Azul que sofreu impactos foi o do trajeto entre Viracopos e o Aeroporto Regional do Planalto Serrano, em Correia Pinto, na manhã de quarta-feira (18). Sem conseguir pousar, a aeronave precisou voltar ao aeroporto paulista.


Ainda de acordo com a companhia aérea, três outros voos foram cancelados no mesmo dia: dois no trajeto Chapecó-Viracopos e um no percurso Correia Pinto-Viracopos.


De acordo com a Defesa Civil, a tempestade Yakecan já está se afastando para alto mar, mas o vento forte continua nesta quinta-feira (19). As rajadas na costa podem chegar a 85 km/h.


Fonte: ND+

Sem título-2-08.png