Sem título-2-08.png
  • Gabriel Jr

Vereador Benjamin Tamanini é eleito presidente do legislativo corupaense



Em uma eleição tranquila, os vereadores de Corupá elegeram nesta segunda-feira (21), a nova mesa diretora da Câmara de Vereadores. Benjamin Tamanini, vereador do MDB, que ocupava o cargo interinamente devido a renúncia do vereador licenciado Felipe Rafaeli Rodrigues (PSDB), foi eleito presidente, para o exercício de 2022, vice-presidente Juliano Millnitz (União Brasil), 1º secretário Loacir Campregher (PP), e 2ª secretária Bernadete Correa Hillbrecht (PSD). Somente uma chapa foi inscrita – com 8 assinaturas - para a eleição e obteve os votos dos 9 vereadores. O presidente eleito Benjamin Tamanini (MDB), agradeceu a todos e destacou o cumprimento do acordo político-partidário, afirmando que vai trabalhar com transparência e diálogo.


A eleição da nova mesa diretora da Câmara de Vereadores deve-se a um acordo político-partidário entre lideranças dos partidos PP, MDB, PSD, PSDB e União Brasil, que estabeleceu um rodízio nos cargos, principalmente de presidente, para os quatro anos desta legislatura. A vereadora Bernadete Correa Hillbrecht (PSD), eleita para 2021 e 2022, renunciou no início deste ano, assumindo Felipe Rafaeli Rodrigues (PSDB), que era o vice-presidente. Ele também renunciou, pediu licença como vereador e retornou para o cargo de secretário Municipal de Saúde e Bem Estar Social, ocasionando a realização de uma nova eleição.


O vice-presidente Juliano Millnitz (União Brasil), também destacou o acordo político e qualificou como um ato democrático, com os vereadores deixando o ego e o partidarismo de lado. Presidente da Executiva Municipal do PP e 1º secretário eleito da mesa diretora, vereador Loacir Campregher (PP), reafirmou a vontade dos vereadores de oposição, “querendo fazer acontecer, querendo que Corupá evolua”.

Sem título-2-08.png