Sem título-2-08.png
  • Redação

Vereador quer a implantação da TBO em Corupá



Um estudo e posterior implantação da Taxa Básica Operacional (TBO), em Corupá, é o que pretende o vereador Alfredo Gramm Sobrinho (PDT), através da indicação nº 21/2022, apresentada e aprovada na última sessão da Câmara de Vereadores. A indicação foi feita ao Executivo e a Autarquia Águas de Corupá, com solicitação de encaminhamento dos estudos para o legislativo.


Para o vereador, a medida visa proporcionar uma cobrança diferenciada, mais justa, do consumo de água em Corupá, bem como, atender aos reclames hodiernos de adequação ambiental.


“Com a implantação da TBO, por exemplo, a taxa atual que cobra um valor fixo para o consumo de até 10 metros cúbicos de água, e valores progressivos para quem consome além disso, será modificada para a leitura por metros cúbicos consumidos, ou seja, os consumidores pagarão exatamente pelo volume de água consumido no mês”, explica Alfredo.


O vereador acrescenta que 60% da população de Corupá, será beneficiada com a implantação da TBO, pagando um valor inferior ao atual. “O morador paga a TBO, mais o valor que consome; a Taxa Básica Operacional é para manter o sistema e poder ampliar”.

Sem título-2-08.png