Sem título-2-08.png
  • Eraldo Ferraz

Vereadores de Corupá realizam última sessão ordinária do ano e aprovam oito Projetos de Lei



Câmara de Vereadores de Corupá, realizou nesta semana, a última sessão ordinária de 2021 e aprovou oito projetos de lei, sete de autoria do Executivo Municipal e um do legislativo.


No entanto, sessões extraordinárias podem ser convocadas pelo prefeito ainda neste ano ou no início de 2022, antes do reinício das sessões ordinárias da próxima legislatura, em fevereiro. Os vereadores não recebem salário ou qualquer outro tipo de compensação financeira pelas sessões extraordinárias.


Dos sete Projetos de autoria do Executivo Municipal, um trata do termo de cooperação com o Grupamento de Bombeiros Voluntários de Corupá no valor de R$ 33 mil mensais, totalizando um repasse anual de R$ 396 mil.


Quatro tratavam de autorização de abertura de crédito adicional para custeio da folha de pagamento dos servidores públicos municipais no valor total de R$ 2.294.258,00.


E um tratava do repasse da prefeitura de Corupá do valor de R$ 337 mil para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Jaraguá do Sul, conforme convênio.


Um sétimo Projeto do Executivo de Corupá também aprovado referenda o acordo de cooperação técnica celebrado entre o Estado de Santa Catarina, por intermédio da Secretaria de Estado de Administração Prisional e Socioeducativa, com coordenação da Central de Penas e Medidas Alternativas, da Comarca de Jaraguá do Sul e a Prefeitura Municipal de Corupá.


A lei possibilita aos munícipes com obrigatoriedade de cumprimento de pena privativa de liberdade em decorrência de condenação judicial, prestar serviço à comunidade de Corupá.

O Projeto de autoria do Legislativo de Corupá é de autoria da vereadora Bernadete Correa Hillbrecht, e denomina via pública de Edmundo Hauck, Rua localizada no Bairro Seminário.

Edmundo Hauck foi vereador, presidente do legislativo e destacado político local na luta pela emancipação de Corupá, em 1958.


Sem título-2-08.png